0

Aprenda Como Cuidar de Orquídeas

Quando se trata de flores uma que faz sucesso é a orquídea, muitas pessoas compram esta flor para dar de presente ou para colocar em casa porque realmente é uma planta muito bela e encantadora porém o que muitos não sabem é que as orquídeas são especiais e precisam de uma atenção e cuidados extras para sempre se apresentarem lindas e saudáveis.

Como Cuidar de Orquídeas

Existem 3 grupos delas, as que crescem sobre rochas, as que crescem na terra e as Epífitas que são as que crescem sobre outras plantas e tem suas raízes expostas ao ar, este é o tipo mais conhecido que normalmente é vendido e as pessoas cultivam em casa ou apartamento e é por este motivo que neste post vou me dedicar a falar somente sobre os cuidados com as flores que pertencem a este grupo.

Como Cuidar de Orquídeas

As orquídeas deste grupo estão adaptadas para conseguir obter água e nutrientes do ar, ou seja, bem diferentes das demais plantas que conseguem isto da terra, graças a esta particularidade elas precisam de alguns cuidados extras e você não pode cuidar delas do mesmo jeito que cuida de outras plantas.

São 4 os pontos fundamentais que você precisa saber  para cuidar das orquídeas, confira:

1- Quantidade de Luz

Como as plantas deste grupo crescem sobre árvores e outras plantas, então na natureza elas não ficam expostas diretamente a luz solar porque as folhas e galhos das árvores fazem sombra e de certa forma filtram os raios solares, ou seja, a planta recebe luz solar porém não o tempo inteiro.

O segredo então é você criar um ambiente parecido em sua casa ou apartamento, uma boa opção é colocar elas perto da janela ou na varanda mas protegidas pela cortina que servirá como filtro para luz do sol.

2 – Variação da Temperatura

Na natureza as orquídeas também estão acostumadas a ter uma variação razoável de temperatura  em média de 15 graus, ou seja, pegando passando por várias temperaturas durante o dia.

Ao cultivar em casa você também precisa tentar recriar isto para que haja variação de temperaturas durante o dia porque a orquídea não gosta de temperatura constante, se você deixar a planta num lugar externo a variação já vai acontecer normalmente durante o dia e você só precisa ter o cuidado de recolher elas para dentro a noite caso o local onde more seja muito frio ( temperaturas abaixo de 15 graus a noite ) pois o frio em excesso também faz mal a planta.

3 – Ventilação

Deixar as flores em ambiente bem ventilado e com bastante circulação de ar também é preciso pois ajuda a diminuir os problemas causados por poluentes atmosféricos e também replica um pouco do ambiente natural, afinal de contas na natureza elas também estão acostumadas com ventilação e ar mais puro.

Dica: se no ambiente não houver muita circulação de ar, use um ventilador pequeno para circular o ar.

4 – Regando Corretamente

Lembra da característica de obter água do ar ? Pois é por este motivo é preciso ter muito cuidado com a rega das orquídeas, você não pode regar em excesso, porém também não pode regar pouco.

Você deve fazer a primeira rega quando perceber que o substrato está seco, coloque o dedo no substrato enterrando uns 2,5 cm, se sentir que esta seco é hora de regar, regue no substrato ( não nas folhas ) e só volte a regar quando perceber que secou de novo.

Dicas Finais

Gostou destas dicas? Eu sei que é bem básico mas acredito que já pode ajudar os iniciantes que estão entrando no mundo destas flores encantadoras.

Algumas destas dicas eu peguei de um conteúdo que resumi do site www.floraeplantas.com que tem um conteúdo super completo para apaixonados por orquídeas, caso queira aprender mais a respeito eu super recomendo que visite este site pois tem informações detalhadas sobre o assunto!

Daniel

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *