Aprender a Fazer Currículo

postado dia 17 de março de 2012
deixe seu comentário
 

O currículo é a apresentação de todo candidato a uma oportunidade de emprego. Aprender a fazer currículo bem feito é o primeiro passo para conseguir uma vaga de emprego. Todo candidato a uma vaga de emprego deve saber como fazer um currículo apresentável pois um currículo ruim pode arruinar com suas chances, mesmo que tenha o perfil exigido e habilidades necessárias para a garantir a vaga no novo emprego.

O candidato a vaga deve evitar alguns erros fatais ao preparar seu currículo como português errado, uso de gírias, excesso ou falta de informação, fotos impróprias, letras coloridas, inserir informações falsas. Além disso antes de começar a escrever é essencial pensar como a pessoa que vai ler o currículo, ou seja, é preciso se colocar no lugar da pessoa que vai ver o currículo; se eu lesse este currículo eu iria querer conhecer quem escreveu ele ?

Confira 10 dicas para aprender a fazer currículo

  1. Dados pessoais: Coloque apenas seu nome, endereço com CEP, telefone, e-mail  Não é preciso colocar número de CIC, RG, carteira profissional ou título de eleitor.
  2.  Objetivo: Coloque claramente para qual cargo você está se candidatando e/ou a sua área de interesse.
  3.  Formação: Informe cursos de nível superior, pós-graduação e especializações que fez, na ordem do último para o primeiro. Informar os anos de início e término de cada curso e o nome completo das instituições.  Destaque apenas os cursos que realmente contribuíram para sua formação profissional e realizações no trabalho.
  4.  Experiência profissionalFaça um resumo curto de máximo dez linhas  sobre sua carreira, a ser exposto na primeira página. O avaliador precisa entender sua evolução profissional numa rápida passada de olhos, por isso vá direto ao ponto. Inicie sempre pela experiência mais recente e foque nos resultados alcançados.
  5. Histórico profissionalInforme os cargos mais recentes, incluindo em cada um deles data de admissão e de saída, o nome da empresa e o cargo. “O que interessa são as experiências dos últimos cinco ou dez anos”, ressalta Laís. Se as empresas por onde você passou não forem conhecidas, faça um resumo (de duas linhas no máximo) do perfil, setor em que atua, faturamento e número de empregados. Comente sobre o departamento em que atuava e explique a sua importância para a empresa. Sintetize suas principais realizações em duas linhas. Destaque projetos que liderou ou dos quais participou, metas atingidas, etc.
  6. IdiomasAqui o segredo é honestidade pois este tipo de informação sempre serão checadas na entrevista . Se for fluente, diga que é fluente. Se for intermediário, coloque intermediário. Caso contrário poderá passar vergonha na entrevista se o entrevistador resolver checar seu idioma. Também mencione se estiver frequentando algum curso. Listar nomes dos certificados de proficiência da língua e intercâmbios culturais ajuda.
  7. Experiência internacional:  Se realizou algum trabalho fora do país, informe as atividades profissionais realizadas neste período. Esse tipo de vivência profissional é muito valorizada pelas empresas atualmente.
  8. Salários: Não mencione pretensões salariais.  Somente informe pretensão salarial se o anúncio exigir essa informação.
  9. RevisãoDepois de pronto, leia e releia seu currículo com calma e atenção, preste bastante atenção para ver se não existem erros de português e de digitação.
  10. Envio: Após conferir seu currículo e se certificar que está tudo ok, agora basta enviar o currículo.
 

Vida Profissional

postado por Daniel

 

Artigos Relacionados

 

Deixe seu comentário

 
 
 
 
© AprenderFazer.com.br 2014 | Todos os direitos reservados